Sonhos estranhos e pesadelos durante a gravidez

Sonhos estranhos e pesadelos durante a gravidez

Tempo de leitura estimado: 4 minutos
Print Friendly, PDF & Email

Insônia, cansaço, azia, encontrar a melhor posição… não é fácil dormir quando grávida!

Na gravidez, até o sono muda.

É comum que o sono seja interrompido durante a gravidez: acordar para ir ao banheiro, movimentos fetais ou outros eventos. Mas, para algumas mulheres, um dos efeitos colaterais mais inesperados da gravidez podem ser as mudanças na maneira como sonha.

Sonhos estranhos de gravidez não são incomuns.

Os sonhos mudam e é perfeitamente normal ter sonhos detalhados e às vezes assustadores durante a gravidez.

Como a gravidez afeta os sonhos?

Sonhos vívidos e pesadelos são comuns durante a gravidez. E esses sonhos podem ser altamente realistas.

A mulher grávida parece ter um sexto sentido e, quando dorme, os sonho podem ser reveladores…

É comum ouvir mulheres contarem que o conteúdo de seus sonhos mudou durante a gravidez.

Outras dizem que souberam o sexo do bebê no sonho.

E há ainda quem diga que descobriu que estava grávida através de um sonho, antes de ter os primeiros sintomas da gestação, e depois confirmou com um teste de gravidez de farmácia.

Independentemente do conteúdo do sonho, o ponto comum é que estas mulheres lembram de seus sonhos. E lembram mais do que a média das pessoas não grávidas.

Por que a gravidez afeta os sonhos?

Os sonhos vívidos são provavelmente a maneira que o corpo tem de classificar os muitos sentimentos e emoções que surgem durante a gravidez, tanto os positivos quanto os negativos.

A gravidez pode ser um momento de grande alegria e expectativa. No entanto, também é natural sentir estresse durante esse período e ansiedade sobre o trabalho de parto.

O conteúdo dos sonhos pode identificar áreas com as quais a mulher está especialmente preocupada. o que facilita encontrar uma melhora.

Níveis mais elevados de progesterona causam alterações nas emoções e essas alterações, com “os nervos à flor da pele”, podem causar o aumento de sonhos vívidos e detalhados.

O maior cansaço é uma razão comumente citada para o aumento nos sonhos durante a gravidez.

Parece lógico que as mulheres que estão mais cansadas cochilem mais e tenham mais oportunidades para sonhar.

Por que a grávida lembra mais facilmente se de seus sonhos?

A gravidez também causa mudanças profundas no sono noturno.

O sono tem diversos estágios à medida que dormimos. O sonho tende a ocorrer durante o sono REM, no final de cada ciclo de sono.

Durante uma noite, geralmente a pessoa que dorme bem consegue ter quatro ou cinco episódios de sono REM, onde sonha, mas muitas vezes os sonhos são esquecidos quando acordamos.

A maioria das grávidas tem o sono fragmentado com múltiplos despertares noturnos por causa dos desconfortos relacionados à gravidez, como azia, dificuldade na posição, dor nas costas, síndrome das pernas inquietas e a vontade de fazer xixi.

Essas interrupções podem fazer com que as mulheres grávidas tenham menos sono REM no geral. Por outro lado, é mais provável que a pessoa se lembre de seus sonhos se acordar no meio de um ciclo de sonhos, fazendo parecer que têm mais sonhos.

As causa das dificuldades para dormir durante a gestação e dicas para ajudar a resolver ou minimizar essas condições são exploradas com detalhes no artigo Azia e outros incômodos: como dormir bem na gravidez.

 

Sonhos durante a gravidez

 

Significados dos sonhos durante a gravidez

Além de lembrar mais dos sonhos, também é comum que estes fiquem “esquisitos”, sem pé nem cabeça.

A explicação para essa esquisitice são as emoções e os hormônios.

Alguns temas são comuns e podem ter um significado mais específico, conforme dizem muitos psicólogos, embora sejam apenas especulações.

Temas mais comuns e seus significados:

Sonhar que está cuidando de filhotes: durante o segundo trimestre, muitas mulheres grávidas sonham com animais.

  • Animais fofinhos ou filhotes provavelmente significa que a mulher está em harmonia com seus instintos maternais de cuidar.
  • Animais ameaçadores, por outro lado, podem representar um sentimento ambivalente sobre o novo estranho ser que está para chegar.

Sonhar que tem um encontro sexy: muitas futuras mães ficam preocupadas com as mudanças que podem acontecer no seu corpo após a gestação e nas consequências em sua vida sexual, enquanto muitas outras se sentem mais sexualmente estimuladas do que nunca. Ambos os sentimentos são frequentemente refletidos nos sonhos.

Sonhos durante a gravidez

– Sonhar que o companheiro está se afastando: este tipo de sonho pode sinalizar insegurança no relacionamento em um momento de grande mudança. A gravidez é uma fase da vida cheia de incertezas e medos e mulher precisa do apoio das pessoas ao seu redor, especialmente do seu parceiro. Temer sua perda é uma reação emocional comum.

– Sonhar que deixou o bebê cair ou o esqueceram em algum lugar: nesses casos, o sonho está relacionado ao medo da responsabilidade da chegada do bebê.

– Sonhar que está caindo, fugindo ou está presa em uma sala: possivelmente esse tipo de sonho reflete a preocupação com a perda de liberdade, pois a vida com certeza mudará.

Pesadelos durante a gravidez

Da mesma forma que a mulher pode ter sonhos felizes e emocionantes durante a gravidez, também há a chance de ter pesadelos.

Ter esses não é incomum e eles são normalmente desencadeados pelas emoções. Pode ser medo ou ansiedade em relação ao trabalho de parto ou algo acontecendo com o bebê.

Pesadelos durante a gravidez são mais comuns durante o terceiro trimestre, quando as preocupações com o nascimento podem estar surgindo. Na verdade, uma em cada dez mulheres tem pesadelo pelo menos uma vez por semana no final da gestação.

Esses sonhos podem ser muito perturbadores, mas não são nada com que se preocupar.

Eles podem significar sentimentos de vulnerabilidade, ansiedade ou medo do desconhecido conforme a mulher se aproxima de um dos principais eventos de sua vida.

A certeza é que, por mais reais que os sonhos pareçam, eles não estão prevendo o futuro!

Referências

O que É asma: causas, sintomas e tratamento