Halitose ou mau hÁlito: causas

Mau hálito ou halitose: causas e tratamento

Tempo de leitura estimado: 5 minutos
Print Friendly, PDF & Email

Cerca de uma em cada quatro pessoas tenha mau hálito regularmente. Há várias coisas que podem causar halitose e o tratamento mais eficaz geralmente é melhorar a higiene dental.

Halitose ou mau hálito – o que é

O mau hálito, também chamado de halitose, é quando a pessoa exala em cheiro desagradável na boca. É o popular “bafo”.

O mau hálito é um problema relativamente comum e constrangedor.

Algumas pessoas que têm mau hálito às vezes não percebem, enquanto outras ficam cismadas que têm e estão saudáveis.

Causas do mau hálito

A halitose pode ser momentânea ou persistente e geralmente está relacionada ao resultado de má higiene bucal.

O mau hálito persistente pode às vezes ser um sinal de doença gengival.

Comer alimentos fortemente aromatizados, como cebola e alho, também pode causar o mau hálito, no caso momentâneo, assim como fumar e ingerir bebida alcoólica.

Ocasionalmente, este problema pode ocorrer após uma infecção ou doença, ou como resultado de tomar certos tipos de medicação.

Má higiene da boca

A causa mais comum de mau hálito é a má higiene bucal.

As bactérias presentes na cavidade bucal digerem os restos de comida na boca e podem liberar um gás com cheiro desagradável.

As bactérias encontram os restos de comida que se acumulam nos dentes – particularmente entre eles – bem como na língua e nas gengivas.

Essas bactérias também são responsáveis pela doença da gengiva (gengivite) e pela cárie dentária.

A falta de hábito de usar o fio dental e escovar os dentes regularmente favorece o aumento de bactérias e pode ser responsável pelo mau hálito.

Bactérias também podem viver na superfície áspera da língua.

Além de escovar os dentes, limpar a língua também ajuda a controlar o mau hálito.

Halitose ou mau hÁlito: causas

Comida e bebida

Comer alimentos com sabor forte, como alho, cebola e especiarias, pode fazer o hálito ficar desagradável. Halitose ou mau hÁlito: causas

Bebidas com cheiro forte, como café e bebidas alcoólicas, também podem causar halitose.

Mau hálito causado por comida e bebida é geralmente temporário.

Esse tipo de halitose pode ser evitado se a pessoa não comer ou beber esses tipos de alimentos e beber água com muita frequência.

Uma boa higiene dental também ajudará.

Fumar

Fumar é outra causa.

Além causar halitose, fumar mancha os dentes, irrita as gengivas e reduz o paladar.

Também pode favorecer significativamente o desenvolvimento da doença gengival, outra causa importante do mau hálito.

Deixar de fumar reduz o risco de doenças nas gengivas e ajuda a prevenir o mau hálito.

Algumas dietas para emagrecer

Jejum e dietas com baixo carboidrato são outra possível causa do mau hálito.

Essas dietas fazem com que o corpo decomponha a gordura, o que produz substâncias químicas chamadas cetonas.

As cetonas, exaladas na respiração, apresentam um odor que lembra maçã.

Halitose ou mau hÁlito: causas

Consulte um nutricionista e evite dietas da moda.

Medicamentos

Alguns tipos de medicamentos também podem causar mau hálito.

Esses incluem:

  • nitratos – utilizados para tratar a angina (dor no peito causada por uma restrição no fornecimento de oxigênio ao coração)
  • alguns quimioterápicos
  • tranquilizantes (fenotiazinas)

Condições médicas

Em alguns casos, a halitose pode ser causada por certas condições médicas.

Na boca seca (xerostomia), o fluxo e a composição da saliva podem ser afetados.

A falta de saliva pode aumentar o número de bactérias na boca, bem como mudar os tipos de bactérias. Como vimos, as bactérias digerem os restos de alimentos na boca e geram mau hálito.

Boca seca às vezes pode ser causada por um problema nas glândulas salivares ou por respirar pela boca ao invés do nariz.

Algumas condições gastrointestinais também podem causar a halitose. Por exemplo, uma infecção bacteriana do revestimento do estômago e do intestino delgado (infecção por H. pylori) e doença do refluxo gastro-esofágico (DRGE) têm sido associados ao mau hálito.

Pacientes com sinusite podem apresentar mau hálito porque a secreção proveniente dos seios paranasais desce para a faringe e é exalada pela boca.

Outras condições médicas que podem causar mau hálito incluem diabetes mellitus e infecções no pulmão, garganta ou nariz, por exemplo, bronquiectasia, bronquite e amigdalite, assim como tumores na faringe e na faringe.

Halitofobia

Algumas pessoas estão convencidas de que têm mau hálito quando, na verdade, não têm. Essa condição psicológica é chamada de halitofobia.

As pessoas com halitofobia são paranoicas com o cheiro da respiração.

Elas geralmente interpretam mal o comportamento e os comentários de outras pessoas, achando que estão sugerindo que têm mau hálito.

Elas ficam fixadas com a limpeza de seus dentes, usando gomas de mascar e purificadores bucais o tempo todo.

mau hálito

O tratamento da halitofobia envolve terapias, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC), para ajudar a pessoa a superar a paranoia e a fixação no cheiro da respiração.

Como melhorar a halitose

Normalmente, o tratamento mais eficaz é melhorar a higiene da boca.

Limpando os dentes

O dentista provavelmente recomendará escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia usando creme dental com flúor.

Abaixo estão algumas dicas sobre como escovar os dentes e manter a boca saudável.

  • Use fio dental para limpar entre os dentes e remover alimentos presos que possam causar cárie – a escovação por si só limpa apenas cerca de 60% da superfície do dentehalitose
  • Escolha uma escova de dentes pequena ou média com cerdas sintéticas macias
  • Substitua a escova de dentes a cada três a quatro meses
  • Escove os dentes por pelo menos dois minutos – tenha uma escova de dentes no trabalho ou na escola para escovar os dentes depois do almoço.
  • Escove todas as áreas dos dentes, prestando especial atenção ao local onde os dentes e gengivas se encontram – o dentista pode recomendar a utilização de uma escova especial com um único tufo para áreas problemáticas específicas da boca.
  • Use uma escova de dentes separada ou um raspador de língua para escovar levemente a língua – algumas escovas de dentes têm um limpador de língua na parte de trás da cabeça da escova
  • Evite escovar os dentes por 30 minutos depois de beber uma bebida ácida, como suco de frutas, ou comer frutas ácidas, como laranjas, para evitar a abrasão dentária.

Basicamente, como parte da rotina diária, a pessoa deve:

  • Passar fio dental entre os dentes
  • Escovar os dentes, língua e gengivas
  • Bochechar com antissépticos

Limpeza das dentaduras (próteses dentárias)

halitoseSe a pessoa usa dentaduras, ela deve retirá-las à noite para dar a sua boca a chance de descansar.

Ela deve limpar as próteses completamente antes de colocá-las na manhã seguinte:

  • Não use pasta de dente para limpar as dentaduras, pois pode arranhar a superfície e causar manchas
  • Limpe as dentaduras completamente com sabão e água morna, creme para dentaduras ou um tablete para limpeza de dentaduras
  • Use uma escova de dentes separada para limpar as dentaduras

As próteses devem permanecer limpas e frescas se a pessoa seguir esta rotina. Também ajudará a evitar o acúmulo de placas, que podem causar mau hálito.

Dicas de hálito fresco

Para ajudar a manter o hálito fresco:

  • Pare de fumar
  • Coma uma dieta saudável e equilibrada e evite comer alimentos fortemente condimentados ou com odor forte
  • Reduza a ingestão de alimentos e bebidas açucaradas, pois pode aumentar a quantidade de bactérias na boca
  • Reduza o consumo de bebida alcoólica
  • Reduza o consumo de café
  • Beba muita água para ajudar a evitar que a boca fique seca
  • Mastigue chiclete sem açúcar depois de comer para estimular o fluxo de saliva – isso ajudará a limpar as partículas de comida restantes

Halitose ou mau hÁlito: tratamento

A pessoa deve visitar o dentista para check-ups regulares.

Fazer check-ups odontológicos regulares para garantir que qualquer placa – anteriormente conhecido como tártaro – seja removida dos dentes, principalmente em áreas de difícil acesso.

O dentista pode recomendar a melhor maneira de limpar os dentes, língua e gengivas e apontar áreas que podem estar apresentando problemas.

Eles também podem identificar quaisquer sinais de doença gengival e garantir o tratamento precoce.

Problemas gastrointestinais

O mau hálito pode ser causado por um problema gastrointestinal, como uma infecção por H. pylori ou doença do refluxo gastro-esofágico (DRGE).

O tratamento recomendado dependerá do problema.

Quando ir ao dentista?

O acompanhamento deve ser não só curativo, mas preventivo.

A visita ao dentista deve ser regular.

Preferencialmente a cada 12 ou 18 meses.

halitose

Referências

O que É asma: causas, sintomas e tratamento