CÂNCER DE PÂNCREAS: Causas e Sintomas

Tempo de leitura: 4 minutos 
 

O tipo mais comum de câncer que se forma no pâncreas começa nas células que revestem os dutos que transportam as enzimas digestivas para fora do pâncreas (adenocarcinoma ductal pancreático).

O câncer de pâncreas raramente é detectado em seus estágios iniciais, quando é mais curável.

publicidade

Isso ocorre porque geralmente não causa sintomas antes de se espalhar para outros órgãos.

Neste texto conversamos sobre os sintomas e as causas e neste artigo falaremos sobre o diagnóstico e o tratamento.

Sintomas e sinais do câncer de pâncreas

Os sinais e sintomas do câncer de pâncreas geralmente não ocorrem até que a doença esteja avançada. Eles podem incluir:

  • Dor abdominal que se irradia para as costas
  • Perda de apetite ou perda de peso não intencional
  • Tom da pele e do branco dos olhos amarelado (icterícia)
  • Urina de cor escura
  • Fezes de cor clara
  • Coceira na pele
  • Diagnóstico de diabetes recente ou diabetes existente que está se tornando mais difícil de controlar
  • Facilidade de coagular o sangue (trombose)
  • Fadiga

Causas do câncer de pâncreas

Não está claro o que causa o câncer de pâncreas.

Alguns fatores que podem aumentar o risco desse tipo de câncer foram identificados, incluindo fumar e ter certas mutações genéticas herdadas.

CÂncer de pÂncreas: causas e sintomas

Entendendo o pâncreas

O pâncreas é um órgão do abdome que fica atrás do estômago e tem cerca de 15 centímetros de comprimento.

Ele libera hormônios, incluindo a insulina, para ajudar o corpo a processar o açúcar dos alimentos.

E produz enzimas digestivas para ajudar o corpo a digerir os alimentos e absorver os nutrientes.

Como se forma o câncer de pâncreas

O câncer de pâncreas ocorre quando as células do pâncreas desenvolvem alterações (mutações) em seu DNA.

O DNA de uma célula contém as instruções que dizem a uma célula o que fazer.

Essas mutações dizem às células para crescer incontrolavelmente e continuar a viver depois que as células normais morrerem.

A maioria dos cânceres pancreáticos começa nas células que revestem os dutos do pâncreas. Este tipo de câncer é denominado adenocarcinoma pancreático ou câncer exócrino pancreático.

Com menos frequência, o câncer pode se formar nas células produtoras de hormônios ou nas células neuroendócrinas do pâncreas. Esses tipos de câncer são chamados de tumores neuroendócrinos pancreáticos, tumores de células das ilhotas ou câncer endócrino pancreático.

Fatores de risco

Os fatores que podem aumentar o risco de câncer de pâncreas incluem:

  • Fumar
  • Diabetes Mellitus
  • Inflamação crônica do pâncreas (pancreatite)
  • História familiar de síndromes genéticas que podem aumentar o risco de câncer, incluindo uma mutação do gene BRCA2, síndrome de Lynch e Síndrome do nevo displásico (também denominada síndrome do melanoma familiar ou melanoma maligno familiar).
  • História familiar de câncer de pâncreas
  • Obesidade
  • Idade avançada, já que a maioria das pessoas é diagnosticada após os 65 anos

Um grande estudo demonstrou que a combinação de tabagismo, diabetes mellitus de longa data e uma dieta pobre aumenta o risco de câncer de pâncreas além do risco de qualquer um desses fatores isoladamente.

publicidade

Complicações

Conforme o câncer de pâncreas progride, ele pode causar complicações como:

Perda de peso

Vários fatores podem causar perda de peso em pessoas com câncer de pâncreas.

A perda de peso pode acontecer quando o câncer consome a energia do corpo.

Náuseas e vômitos causados por tratamentos contra o câncer ou por um tumor pressionando o estômago podem dificultar a alimentação.

Ou o corpo pode ter dificuldade em processar nutrientes dos alimentos porque o pâncreas não está produzindo sucos digestivos suficientes.

Icterícia CÂncer de pÂncreas: causas e sintomas

O câncer de pâncreas que bloqueia o ducto biliar do fígado pode causar icterícia.

Os sinais incluem pele e olhos amarelos, que é a icterícia, urina de cor escura e fezes de cor clara.

A icterícia geralmente ocorre sem dor abdominal.

Dor

Um tumor em crescimento pode pressionar os nervos do abdome, causando uma dor que pode se tornar intensa.

Tratamentos, como radiação e quimioterapia, podem ajudar a retardar o crescimento do tumor e fornecer algum alívio da dor.

Obstrução intestinal

O câncer de pâncreas que se desenvolve ou pressiona a primeira parte do intestino delgado (duodeno) pode bloquear o fluxo de comida digerida do estômago para o intestino.

Um tubo (stent) pode ser colocado no intestino delgado para mantê-lo aberto.

Em algumas situações, pode ser útil fazer uma cirurgia para colocar um tubo de alimentação temporário ou conectar o estômago a um ponto inferior do intestino que não está bloqueado pelo câncer. CÂncer de pÂncreas: causas e sintomas

Prevenção

A prevenção está em reduzir o risco de câncer com as seguintes medidas:

Parar de fumar

Fumar não traz qualquer benefício.

Aumenta o risco de desenvolver câncer de pâncreas e e outras doenças e custa dinheiro.

Manter um peso saudável

Quem tem um peso saudável deve mantê-lo.

Que precisa perder peso, deve fazer isso de uma forma saudável, lenta e constante – 0,5 a 1 quilo por semana.

De preferência com um combinação de exercício diário com uma dieta rica em vegetais, frutas e grãos integrais.

Escolher uma alimentação saudável

Uma dieta repleta de frutas, vegetais e grãos integrais pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver câncer de pâncreas e outros tipos.

Referências

publicidade

Veja também: