Artrite x artrose: qual É a diferença?

Artrite e artrose: qual é a diferença? …e semelhanças

Tempo de leitura estimado: 5 minutos
Print Friendly, PDF & Email

A diferença entre artrite e artrose …e semelhanças

A artrite e a artrose se enquadram na categoria mais ampla de doenças reumáticas.

Ambas afetam as articulações, ossos e ligamentos e são caracterizadas por dor acompanhada, rigidez e limitação nos movimentos das articulações afetadas.

Ambas podem afetar as pessoas por vários períodos de tempo de forma contínua, permanente ou recorrente.

Essas semelhanças levam à confusão entre artrose e artrite, porém são duas condições muito distintas em relação à natureza da doença e à idade das pessoas afetadas.

A diferença entre artrite e artrose é:

  • A artrite é uma doença inflamatória crônica, geralmente de origem autoimune que pode se desenvolver em pessoas de todas as idades, até mesmo em crianças
  • A artrose é uma doença degenerativa que surge especialmente após a idade de 50.

Mais diferenças entre as duas serão explicadas no decorrer do artigo, mas, basicamente, a diferença entre artrite e artrose é que a atrite é uma doença inflamatória, enquanto a artrose é uma doença degenerativa, como dito acima. Desta diferença decorrem todas as outras características distintas.

Na caracterização da artrite neste artigo, não incluiremos a artrite infecciosa.

O que é artrite?

A artrite é uma inflamação da articulação e o processo inflamatório destrói a articulação com o tempo.

A inflamação não tratada pode causar danos significativos e até mesmo permanentes nas articulações afetadas, causando dor e dificultando as atividades diárias e, consequentemente, pode resultar em perda de função e incapacidade.

Ao contrário da artrose, a fonte da dor associada à artrite inflamatória é a inflamação e não a lesão da cartilagem!

Na verdade, a maioria das condições relacionadas à artrite inflamatória é autoimune. Isso significa que o próprio sistema imunológico ataca os tecidos saudáveis.

A inflamação associada a essas doenças pode causar os sintomas listados abaixo.

Além disso, se os sintomas não forem tratados rapidamente, essas doenças podem progredir mais rapidamente e de forma mais agressiva em comparação com a artrose.

Exemplos de doenças que causam artrite inflamatória

  • Lúpus
  • Gota
  • Artrite reumatoide
  • Espondilite anquilosante
  • Artrite psoriásica (que acomete os pacientes com psoríase)
  • Artrite idiopática juvenil

Articulações mais afetadas

  • Mãos, dedos
  • Pés, dedos do pé
  • Joelhos, tornozelos
  • Ombros, cotovelos

Sinais e sintomas das artrites

Os sintomas variam conforme a causa.

Dor nas articulações e rigidez são os dois mais comuns.

Outros sintomas comuns incluem:

  • Amplitude de movimento reduzida nas articulações afetadas
  • Dor em repouso
  • Dor noturna
  • Alívio com atividade física
  • Aumento da temperatura na área afetada
  • Articulações afetadas bilateralmente
  • Inchaço (edema) nas articulações
  • Vermelhidão na pele sobre a articulação

Artrite x artrose: qual É a diferença?

O que é artrose?

Artrose é outro nome para osteoartrite, que também é um tipo de artrite. E é o tipo mais comum de artrite.

A artrose não é uma artrite inflamatória. É uma condição mecânica.

A artrose é causada pelo desgaste das estruturas das articulações (ossos, ligamentos e cartilagem). Esse desgaste pode ser natural ou pelo uso excessivo da articulação, como nos atletas.

Cartilagem é o tecido macio que cobre as extremidades dos ossos, diminuindo o atrito entre estes, o que ajuda as articulações a se moverem melhor.

Com o tempo, a cartilagem pode se deteriorar e pode até desaparecer completamente a ponto de os ossos ficarem em contato direto uns com os outros, causando dor, rigidez e, às vezes, inchaço.

A artrose pode afetar qualquer articulação do corpo.

O risco de desenvolver artrose aumenta com a idade.

O que causa a artrose?

Os fatores que podem aumentar o risco de desenvolver artrose incluem:

  • Idade (geralmente acima de 50 anos). O risco de artrose aumenta com a idade.
  • Sexo. As mulheres são mais propensas a desenvolver artrose, embora não esteja claro porquê.
  • Excesso de peso (sobrepeso e obesidade). Carregar peso corporal extra contribui para a artrose de várias maneiras e, quanto mais você pesa, maior o risco. O aumento do peso aumenta o estresse nas articulações que sustentam o peso, como quadris e joelhos. Além disso, o tecido adiposo produz proteínas que podem causar inflamação prejudicial nas articulações e ao redor dela.
  • Lesões nas articulações. Lesões, como as que ocorrem durante a prática de esportes de alto impacto ou em um acidente, podem aumentar o risco de artrose. Mesmo lesões ocorridas há muitos anos e aparentemente curadas podem aumentar o risco de artrose.
  • Tensão repetida na junta. Se a atividade profissional ou esporte que a pessoa pratica coloca estresse repetitivo em uma articulação, essa articulação pode eventualmente desenvolver artrose.
  • Genética. Algumas pessoas herdam a tendência de desenvolver artrose.
  • Deformidades ósseas. Algumas pessoas nascem com articulações malformadas ou cartilagem defeituosa.
  • Certas doenças metabólicas. Isso inclui diabetes e hemocromatose (uma condição em que o corpo tem muito ferro).

Artrose primária e secundária

Conforme a causa, a artrose pode ser classificada como primária ou secundária.

Artrose primária: Esta forma de artrose é própria do envelhecimento e ao desgaste que vem junto com ele. Não é causada por nenhuma doença existente e não é devido a qualquer lesão. Afeta pessoas mais idosas.

Artrose secundária: A artrose, neste caso, desenvolve-se devido a uma causa específica, como lesão ou outra doença. É por essa razão que há mais chances de afetar as pessoas em idades mais precoces.

Articulações mais afetadas

  • Joelhos
  • Quadril
  • Coluna vertebral
  • Mãos

Sinais e sintomas da artrose

Os sintomas mais comuns da artrose incluem:

flexibilidade reduzida nas articulações afetadas
Percepção de atrito osso-osso ao colocar a mão sobre a articulação em movimento
esporões ósseos, ou pequenos pedaços de crescimento ósseo extra que podem se desenvolver em torno de articulações afetadas

  • Rigidez matinal durando menos de uma hora
  • Rigidez após ficar sentado por muito tempo
  • Dor durante ou após o movimento
  • Alívio da dor com repouso
  • Reage bem ao calor
  • Articulação dolorosa durante o inverno (temperaturas frias)
  • Flexibilidade reduzida nas articulações afetadas
  • Percepção de atrito osso-osso ao colocar a mão sobre a articulação em movimento
  • Presença de esporões ósseos muito comuns nos pés (calcanhar) ou osteófitos (pequenos pedaços de crescimento ósseo extra que podem se desenvolver em torno de articulações afetadas, como na coluna – o popular bico de papagaio)

 

Artrite x artrose: qual É a diferença?

Quais são as complicações da artrose?

A artrose é uma doença degenerativa que piora com o tempo, frequentemente resultando em dor crônica.

A dor e a rigidez nas articulações podem se tornar graves o suficiente para dificultar as tarefas diárias.

Depressão e distúrbios do sono podem resultar da dor e incapacidade da artrose.

É comum na artrose a evolução para deformidade das articulações, principalmente nas mãos. Artrite x artrose: qual É a diferença?

Diagnóstico de artrite e artrose

A história familiar, a característica dos sintomas e o exame físico muitas vezes são o suficiente para o diagnóstico de artrose ou para sugerir o tipo de artrite. Artrite x artrose: qual É a diferença?

O médico pode também solicitar alguns exames, tais como:

  • Exames de sangue para verificar marcadores de inflamação e infecção
  • Aspiração da articulação para coletar e analisar uma amostra de líquido da articulação afetada
  • Artroscopia ou outros exames de imagem, tais como radiografias ou ressonâncias magnéticas, para examinar visualmente as articulações afetadas

Na artroscopia, o médico insere uma pequena câmera dentro da articulação afetada, permitindo que tenha uma visão mais detalhada.

Tratamento

O tratamento da artrose tem como único objetivo reduzir os sintomas e retardar a ação de deterioração da cartilagem.

Já no caso da artrite, além do objetivo em manter boa mobilidade articular e reduzir a dor, outros procedimento e medicações dependerão da doença de base da artrite e o estágio de sua evolução.

Os tratamentos, tanto para uma quanto para a outra, podem incluir:

  • Analgésicos: estes incluem paracetamol,
  • Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs):  como ibuprofeno ou diclofenaco, por períodos controlados para evitar complicações
  • Fisioterapia: os exercícios irão fortalecer e estabilizar as articulações e recuperar ou manter a amplitude de movimento.

    Artrite x artrose: qual É a diferença?
    Calcanheira

  • Terapia ocupacional: desenvolver estratégias para ajustar o ambiente de trabalho ou hábitos ajudam a gerenciar a condição.
  • Órteses: incluem talas e palmilha (chamada calcanheira). A calcanheira ajuda a aliviar a dor no calcanhar devido ao esporão calcâneo.
  • Cirurgia da articulação: em alguns casos, a cirurgia pode corrigir deformidades e tentar restabelecer a movimentação da articulação.

Na artrose, compressa morna pode aliviar a dor.

Referências

O que É asma: causas, sintomas e tratamento